Você está aqui: Página Inicial / Evento / Histórico do evento

Histórico do evento

“ONTOBRAS: O Evento Único de Ontologia no Brasil”

Ontologia é uma área que estuda conceitos e teorias utilizadas na representação de conceitualizações compartilhadas de domínios específicos. As conceitualizações assim representadas dão suporte a inúmeras aplicações como a criação de tesauros, de bases para sistemas de conhecimento. 

A pesquisa em Ontologia é reconhecida em todo o mundo como um tema eminentemente interdisciplinar, no qual convergem áreas distintas como Ciência da Computação, Ciência da Informação, Filosofia, Lingüística, Gestão do Conhecimento, entre outras.
O VI Seminário de Pesquisa em Ontologias do Brasil reune a comunidade de pesquisadores e estudantes que investigam o tema no Brasil. É oportunidade para trocar experiências a respeito de teorias, metodologias, linguagens, bem como ferramentas relacionadas com o desenvolvimento de ontologias e suas aplicações.

Desde a sua primeira edição, o ONTOBRAS foi concebido para proporcionar a reunião de pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento, para os quais ontologias podem ser objeto de estudo ou ferramenta de solução de problemas, permitindo identificar a convergência e complementaridade dessas pesquisas que levem a cooperação e formação de grupos científica e tecnologicamente mais fortes. 

Em setembro de 2013 a sexta edição do ONTOBRAS, dá continuidade a um espaço multidisciplinar de discussão cientifica sobre o tema.

  1. A primeira edição  do ONTOBRAS foi realizada no Rio de Janeiro, em 2007, coordenada pelo grupo de Ciência da Informação da UFF, objetivando iniciar e discutir o estado da arte da área no Brasil, possibilitando assim identificar grupos, projetos de pesquisa e mecanismos de cooperação científica. Foram aceitos 50 trabalhos distribuídos em 3 grupos interdisciplinares: Aspectos teóricos e metodológicos; Técnicas e Ferramentas; e  Aplicações. Em seção pública  foi decidido que a próxima edição seria no Rio de Janeiro, sob a coordenação da  área de Ciência da Computação do IME, permitindo uma rotatividade de áreas e mantendo uma metodologia interdisciplinar no âmbito de sua organização.
  2. Na segunda edição, o objetivo foi reunir os grupos de pesquisa brasileiros para que houvesse o compartilhamento das experiências e conhecimentos acerca do tema ontologias.  Nela, verificou-se que esta temática já agregava estudiosos oriundos de diversos estados brasileiros com bons resultados de pesquisa, justificando  a necessidade de continuidade de eventos como este.  Não houve chamada de trabalhos técnicos, mas sim, trabalhos que divulgassem as pesquisas realizadas pelos grupos de pesquisa em ontologias no Brasil.
  3. A terceira edição ocorreu em Florianópolis. Foi realizada pelos grupos de pesquisa em Engenharia do Conhecimento (área interdisciplinar da CAPES) e em Ciência da Informação da UFSC, sob o tema  “Glossários, taxonomias e tesauros enriquecendo as Ontologias”. O objetivo era consolidar o caráter interdisciplinar e de formação de comunidades em torno do tema.
  4. A quarta edição do ONTOBRAS foi realizada em Gramado-RS, sob a coordenação do  Instituto de Informática e  da  Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, ambos da UFRGS, e  objetivou  incentivar a troca de experiências e formação de comunidades envolvendo pesquisadores e grupos brasileiros e estrangeiros. O evento se consolidou como um espaço  multidisciplinar e internacional sobre o tema, sediado no Brasil. No painel “Um Evento Único de Ontologia no Brasil”, foi decidido a união entre os eventos ONTOBRAS e MOST (Metamodels, Ontologies, Semantic Technologies), mantendo suas características de qualidade.
    A comunidade comprometeu-se em considerar o ONTOBRAS-MOST como o evento representativo da pesquisa em Ontologias no Brasil, inibindo a criação de outros eventos paralelos neste tema.
  5. A quinta edição ocorreu em Recife. Teve coordenação do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco. Decidiu-se que o Evento (ONTOBRAS-MOST) passaria a ser denominado simplesmente ONTOBRAS para indicar sua consolidação como o evento único de pesquisa em Ontologias no Brasil. Outras comunidades que possuíam eventos individuais em ontologias, em especial as comunidades de informática na educação e de bancos de dados, passaram a integrar o evento, o que garantirá uma participação ainda maior nas próximas edições.

O evento congrega painéis, mesas-redondas, palestras, minicursos e apresentação de trabalhos, em que as participações nacional e  internacional serão incentivadas pela aceitação de trabalhos originais com resultados demonstráveis em inglês, cujos melhores são convidados à publicação em periódico escolhido, e de trabalhos descrevendo pesquisas em andamento, em português, espanhol ou inglês. 

O comitê de programa será expandido com uma maior participação de  avaliadores estrangeiros, em especial, avaliadores ligados ao periódico Applied Ontology e ao International Workshop on Metamodels, Ontologies and Semantic (MOST), evento que se uniu definitivamente ao ONTOBRAS.

O Workshop MOST foi realizado pela primeira vez durante a 28ª Conferência Internacional sobre Modelagem Conceitual (ER'2009), tendo depois acontecido em conjunto com o VORTE (Vocabularies, Ontologies and Rules in the Enterprise), o VORTE-MOST 2010,  e foi criado como a unificação de dois workshops pré-existentes:

(i) Workshop sobre Ontologias e Aplicações (WONTO) - organizado desde 2004 bianualmente, em três edições, no contexto do Simpósio Brasileiro de Inteligência Artificial / Conferência Ibero-Americana de Inteligência Artificial,

(ii) Workshop sobre Ontologias, Metamodelos de Software e Engenharia de Dados (WOMSDE) - organizado desde 2006 por três edições consecutivas.

O Workshop sobre Web Semântica na Educação (WSWed) - organizado quatro vezes no contexto do Simpósio Brasileiro sobre Informática na Educação (SBIE), é outro evento que fundiu-se em 2012 ao ONTOBRAS-MOST.

Considerando o histórico acima, esta edição do ONTOBRAS também pode ser vista como uma 8ª  edição conjunta destes fóruns científicos ou 14a edição, se contados separadamente.

Em suas edições anteriores, estes workshops receberam publicações de um número de diferentes países (por exemplo, Itália, Alemanha, EUA, Holanda, França, Espanha e Índia). No entanto, uma vez que o principal objetivo destes workshops foi a criação de um fórum científico para a comunidade Ibero-americana reforçar as suas ligações com a Europa e com pesquisadores norte-americanos, a maioria das publicações sobre as edições anteriores destes workshops foram de autoria de membros dessas comunidades.

A idéia de criar um evento como uma unificação desses eventos existentes foi motivada por duas razões principais. Em primeiro lugar, pelo rápido crescimento das comunidades Ontologia e Web Semântica na América do Sul e, especialmente, no Brasil. Em segundo lugar, devido ao fato destes eventos estarem de certa forma competindo por um mesmo público-alvo tanto de submissões quanto de inscrições, o que terminava por fragmentar as diversas comunidades que pesquisam sobre o assunto. Percebeu-se a oportunidade, no último ONTOBRAS-MOST de gradualmente se ter um evento de ontologias no Brasil único, maior, com mais qualidade.

Na esteira do trabalho cuidadoso, rigoroso, mas também acolhedor, de todos os coordenadores anteriores, o Evento ONTOBRAS finalmente se consolidou como um evento único de pesquisa em Ontologias no Brasil. O fato pode ser demonstrado pela participação e representatividade da comunidade no evento. No painel “Um Evento Único de Ontologia no Brasil”, ocorrido na edição em 2011, foi decisivo no sentido de iniciar o processo de agregação das diferentes comunidades, antes separadas.

Finalmente, nesta 6a. Edição do ONTOBRAS a comunidade terá um evento abrangente e representativo da pesquisa em Ontologias no Brasil.